Como calcular o tempo de leitura de um livro

Um plano de estudos exige ritmo e constância. Para montar o seu programa com os pés-no chão, você precisará saber quanto tempo costuma gastar em cada livro. É perfeitamente possível e razoável bater os olhos em um livro e dizer “consigo concluí-lo em cinco dias” ou “vou começar a lê-lo e não tenho pressa de terminá-lo, mas provavelmente conseguirei concluí-lo em menos de duas semanas”.

Porém, se você quer ter uma noção mais precisa da energia e do tempo que cada livro demandará de você, esta fórmula poderá auxiliá-lo.

Duas pequenas ressalvas: i) eu não sou matemático. Portanto, os caminhos que sugiro aqui para chegar ao resultado podem parecer excessivamente simplórios. Foi o máximo que consegui alcançar (se algum matemático quiser ajudar, basta deixar as dicas nos comentários, que incorporarei as sugestões que eventualmente facilitarem o cálculo); e ii) a precisão do tempo de leitura só é alcançada se você tiver concentração e constância para manter a meta de minutos diários a que você se propôs.

A fórmula final que você utilizará é a seguinte:

formula1

Então, ao final de tudo, para saber, em cada caso, o tempo que gastará em cada livro bastará calcular o seu número de caracteres totais. Porém, antes, você precisará saber qual é a sua atual constante de ritmo (eu disse atual, porque ela costuma se modificar à medida que você melhora sua velocidade de leitura).

Para calcular sua constante de ritmo, você precisará seguir cinco passos (isso só será feito uma vez):

1) Selecione qualquer livro de prosa de ficção e calcule o total de caracteres. Busque escolher um livro compatível com seus interesses, porque a dificuldade de compreensão das frases evidentemente altera o ritmo de leitura. Para calcular o total de caracteres multiplique:

formula2

Por exemplo, o livro Pedra Bonita, de José Lins do Rego, na edição da Nova Aguilar, tem uma média de 54 caracteres por linha, 39 linhas por página e 212 páginas. Portanto, o total de caracteres é 446.472.

2) Na sequência, leia duas ou três páginas completas e calcule a média de segundos por página. Por exemplo, no romance Pedra Bonita, eu gastei 2 minutos e 30 segundos por página; portanto, 150 segundos por página. É importante que durante a leitura para aferição de sua velocidade você busque manter um ritmo que lhe permita compreender o que está sendo transmitido. Não tente correr apenas para obter uma velocidade maior (isso não é uma competição, mas uma atividade de autoconhecimento). Recomendo acrescentar uns 10 segundos ao tempo médio que obtiver, porque durante a leitura você pode precisar retornar a alguma frase malcompreendida ou anotar palavras que desejará consultar mais tarde no dicionário.

3) No terceiro passo, calcule o tempo total de leitura do livro, em segundos:

formula3

No caso de Pedra Bonita, o tempo total é de 31.800 segundos.

4) No quarto passo, transforme o tempo total em minutos, dividindo por 60 o tempo total encontrado no terceiro passo (que, lá, está em segundos). No caso de Pedra Bonita, temos: 31.800 / 60 = 530 minutos. Esse é o tempo total que o livro demandará de você. Mas, lembre-se, seu objetivo agora não é propriamente esse, mas sim encontrar sua constante de ritmo (que facilitará sua vida sempre que quiser calcular o tempo de leitura de outros livros).

5) Finalmente, para encontrar a sua constante, divida o número de caracteres totais do livro (cálculo que você fez neste caso e, obviamente, terá de fazer em cada caso singular futuro) pelo tempo total gasto na leitura do livro, em minutos. No caso de Pedra Bonita, temos: 446.472 / 530 = 842. Pronto, você encontrou sua constante de ritmo. No meu caso, ela é 842 (para qualquer livro de prosa ficcional com dificuldade similar ao Pedra Bonita).

→ Uma vez calculada sua constante de ritmo, bastará, sempre que quiser saber quantos minutos gastará lendo um livro de prosa de ficção, usar a seguinte fórmula:

formula4

Na leitura de Pedra Bonita, a conta ficou assim: 446.472 / 842 = 530 minutos.

Se você pretende manter a meta de 100 minutos diários, como sugeri no vídeo “Como ler 60 livros por ano“, basta dividir os minutos totais por 100 — e você encontrará o número de dias aproximados em que terminará de ler o livro. No meu exemplo, temos: 530 / 100 = 5,3 dias.

Então, no caso de Pedra Bonita, se conseguir manter um ritmo de 100 minutos diários, eu terminarei de ler o livro entre cinco ou seis dias.

Se eu tivesse apenas uma hora por dia para me dedicar à leitura, o cálculo seria: 530 / 60 = 8,8 dias. Portanto, terminaria o livro em aproximadamente nove dias.

Vejam: pela minha experiência, a maior parte dos livros de prosa ficcional demandará, contando com 100 minutos diários, entre quatro e oito dias de leitura. Os calhamaços, em geral, no mesmo caso, demandam de quinze a vinte e cinco dias de leitura.